Brazil

Aberdeen e o Brasil

A University of Aberdeen tem um número de parcerias importantes com o Brasil e planeja desenvolver ainda mais relações com o país nos próximos anos. Há atualmente 50 estudantes do Brasil na universidade. Entre os programas mais populares entre estudantes brasileiros estão Geologia, Direito e Engenharia.

Sobre a Universidade

Fundada em 1495, a University of Aberdeen é a terceira universidade mais antiga da Escócia e a quinta nos países de língua inglesa. Atualmente a universidade está na posição 137 no QS World
University Rankings e é um centro reconhecido de excelência em pesquisa em Energia, Estudos Ambientais, Medicina, Geografia, História e Direito.

Há 15 mil estudantes na University of Aberdeen, sendo 11 mil na graduação e 4 mil na pós-graduação. Estudantes internacionais compõem 20% deste total, com mais de 120
nacionalidades representadas no campus.

O campus da University of Aberdeen está localizado no  distrito histórico de Old Aberdeen, a 20 minutos de  caminhada do centro moderno de Aberdeen. A área de Old Aberdeen é uma das mais bem preservadas paisagens urbanas em toda a Grã-Bretanha e oferece aos estudantes um cenário pitoresco dentro de uma cidade contemporânea.

Enquanto o campus histórico de Old Aberdeen permanence como o centro de atividade acadêmica, nossa faculdade e estudantes de medicina estão principalmente no campus de Foresterhill, um dos maiores complexos clínicos da Europa, que inclui o hospital Aberdeen Royal Infirmary e a Maternidade e Hospital Infantil.

A universidade tem investido fortemente em novas estruturas de ensino, pesquisa e lazer nos últimos anos, incluindo a biblioteca Sir Duncan Rice, onde foram investidos £57 milhões, e o novo Centro Esportivo e Aquático.

Aberdeen e o Brasil

Algumas das nossas conexões com o Brasil incluem:

  • BG Fellowship: Este acordo com o Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do  Sul, CNPq e BG oferece bolsas para duplo diploma de doutorado (2+2 anos) e oportunidades de pós-doutorado. A bolsa cobre anuidade, estipêndio mensal, participação em conferências e custos de pesquisa.
  • Aberdeen é uma das três universidades britânicas que fazem parte de uma pesquisa geológica conjunta na Bacia do Parnaíba, envolvendo 4 universidades brasileiras e o Observatório Nacional, em parceria com a BP.

A força de nossa pesquisa

Desde sua fundação em 1495, a University of Aberdeen foi pioneira em muitos desenvolvimentos em Medicina, Ciência, Ciências Sociais e Humanidades. Hoje a universidade tem uma grande variedade de institutos de pesquisa nas seguintes áreas:

  • Ciências Médicas, Ciências Aplicadas à Saúde e Nutrição
  • Ciências Biológicas e Ambientais
  • Energia, Petróleo e Renováveis
  • Geologia e Geologia do Petróleo
  • Economia e Finanças de Energia
  • Direito

Saiba mais em www.abdn.ac.uk/research/

Bem-vindos à Capital Europeia de Energia!

oil platformA cidade de Aberdeen é conhecida como Capital Europeia de Energia e é a base para algumas das empresas líderes no setor de petróleo, gás natural e renováveis.

A University of Aberdeen tem um papel fundamental junto às empresas de energia na cidade, contribuindo com importantes desenvolvimentos no setor nos últimos anos.

Atualmente oferecemos 25 programas de mestrado relacionados a energia entre negócios, engenharia, geociências, ciências naturais e computação. Ao cobrir uma gama completa de disciplinas relacionadas a energia, nossa oferta de programas é única e tem como objetivo formar profissionais de excelência mundial, capazes de conquistar posições-chave na indústria com o conhecimento, habilidades e atitude desejados.

Delegação brasileira visita a University of Aberdeen

 

Brazilian delegation

 

A University of Aberdeen recentemente recebeu uma delegação representando importantes empresas e organizações do setor de Subsea do Brasil.

A delegação visitou Aberdeen como parte de uma missão organizada pelo UK Trade & Investment (UKTI), onde eles tiveram a oportunidade de participar da feira anual Subsea Expo. 

Durante a este período eles também puderam incluir uma visita ao King’s College, onde eles conheceram mais o trabalho relacionado a energia que é realizado na universidade através do Aberdeen Institute of Energy (AIE).

John Scrimgeour, Diretor Executivo do AIE, disse: “Foi uma satisfação saber que a University of Aberdeen teve a oportunidade de receber esta visita de importantes empresas e organizações do setor brasileiro de subsea, e fiquei feliz em poder apresentar ao grupo o trabalho do Instituto e a pesquisa de ponta realizada aqui. 

“O AIE aplica pesquisa acadêmica aos desafios enfrentados pela indústria, sendo um centro para o setor energético integrando ciência, tecnologia e política através das disciplinas de geociências, engenharia, economia, direito e ciências ambientais. É uma abordagem multidisciplinar - alinhada à nossa localização na Capital Europeia de Energia - que torna a universidade ímpar em sua abordagem em pesquisa energética e seus benefícios à indústria. 

“Recentemente desenvolvemos relações mais estreitas com o Brasil, por exemplo através de nossa parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul para formar estudantes em Geociências. Nós também participamos do Ciências sem Fronteiras, a iniciativa do governo brasileiro que oferece bolsas para estudantes em nível de graduação e doutorado.

“São parcerias como estas, e as que nossos acadêmicos têm com institutos de educação superior no Brasil, que colocam Aberdeen na vanguarda de conexões UK-Brasil em termos de pesquisa em energia e suporte acadêmico.”